ANSIEDADE: COMO CONTROLAR?

Ansiedade, como controlar? Dizem que a depressão é o excesso de passado, enquanto o transtorno de ansiedade é o excesso de futuro. Nessa vida de excessos, como manter a calma?

Talvez você se identifique com essa cena:

Você quer dormir, mas não consegue porque o pensamento está acelerado. Você incontrolavelmente pensa nos planos para o próximo dia, o trabalho que ficou por fazer, as contas pra pagar e tudo mais, ou está planejando como será os próximos meses, já com algo projetado nos mínimos detalhes.

Apesar disso, o passado ainda te diz que seus planos não darão certo. Seu histórico de frustrações aponta o dedo e diz: “não tente de novo, você vai se decepcionar”.

Já se sentiu assim? Num misto de comportamento depressivo e ansiedade?

Antes de tudo, entenda que eu não sou psicóloga. Sou apenas uma pessoa com empatia, que deseja ajudar, assim como ser ajudada.

DEFINIÇÃO DE ANSIEDADE

Segundo o dicionário, a definição de ansiedade é: grande mal-estar físico e psíquico; aflição, agonia.

Talvez isso defina bem o quadro que eu citei acima. É uma angustia, misturada com aflição. Um desejo de controlar o que é incontrolável.

Daí vem a pergunta: Ansiedade, como controlar? Já que o desejo pelo controle é justamente o problema.

É importante ressaltar que o transtorno de ansiedade é diferente de uma ansiedade comum.

Nós somos ansiosos por natureza. Mas, quando ela não te deixa dormir, faz com que até mesmo seu físico seja afetado e você perceptivelmente não está conseguindo lidar com a situação, então seu caso é mais próximo de um transtorno de ansiedade.

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE
COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

Mas, afinal, como controlar a ansiedade?

Essa é uma das perguntas mais difíceis a ser respondida. Mas, eu não estou aqui pra te enrolar, então vamos lá:

1 – Passo: Reconhecimento para controlar a ansiedade

Reconheça que precisa de ajuda.

É difícil, mas necessário. Talvez você esteja tentando vencer sozinho, mas está perdendo essa batalha.

Não há problema nenhum em dizer que precisa de ajuda. Procure um especialista, conversa e, mesmo que de forma relutante, abra o seu coração.

No começo, vai parecer que tudo é abstrato demais e não faz sentido algum, mas com o tempo as coisas vão ficando mais claras…

2 – Passo: Autoanálise para controlar a ansiedade

Identifique os comportamentos que mais te deixam ansioso.

As vezes, refazer os planos 200 vezes te deixa mais acelerado e inseguro. Neste caso, fixar em sua mente que a quantidade de vezes que você se planeja não fará as coisas acontecerem mais rápido.

Assim como acessar as redes sociais milhões de vezes também não te trará nenhum resultado.

Em vez disso, por que não abrir um livro?

Acredite, vai ser difícil terminar o primeiro capítulo sem sentir vontade de terminar o livro todo de uma vez só, mas se você vigiar para ler um capítulo e depois meditar nele, tentar entender melhor, vai fazer sua mente trabalhar em outro sentido.

3 – passo: O exercício para controle de ansiedade

Faça exercício físico!

Tá, eu sei, essa você já tinha ouvido…

Mas, apenas para reforçar, a atividade física libera em você substâncias que estimulam o cérebro e trazem prazer.

Que tal fazer uma caminhada e, além de se exercitar, ainda aproveitar para tirar umas fotos das paisagens, admirar o céu…

4 – Passo: Como usar a bíblia para controlar a ansiedade

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE (1)

Jesus nos ensina a lançar nossa ansiedade sobre Ele. Nos ensina também a confiar que o amanhã cuidará de si mesmo e que as coisas irão cooperar para o nosso bem.

Mas, o que mais me chama a atenção é que ele diz, categoricamente, que nos deixaria a sua paz.

A paz de Cristo? É, a paz de Cristo.

Leia os capítulo 5, 6 e 7 do Evangelho de Matheus e você verá o como Jesus apoiava uma vida mansa, com propósito e confiante no cuidado de Deus. Essa era a sua paz.

A paz que vem dEle não é mágica, é confiança. E a confiança vem por meio do relacionamento.

Tente isso. Separe alguns minutos por dia para conversar com Deus. Não apenas desabar desesperadamente, mas falar das suas expectativas ao mesmo tempo que escuta as expectativas dEle.

Pare um momento para contemplar quem Ele é. O que Ele fez e faz por você. Apesar das lutas, eu tenho certeza de que você tem vitórias. Lembre – se delas. Lembre – se das orações que foram respondidas e principalmente, lembre – se que Ele não muda.

Falando assim, até parece fácil, mas eu sei que não é.

Depende de esforço e de entender que um dia você verá uma grande diferença e no outro talvez não. Mas, continue… apenas continue…

No fim de tudo, vai valer a pena!

Se identificou com este artigo? Então, deixe aqui nos comentários como você se sente quanto a ansiedade. Compartilhe suas experiências e vamos unir forças para encontrar a paz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.